Vídeos nas redes sociais: consumidores e marcas não vivem sem eles! - K2.
Seis tendências do marketing de conteúdo para 2019
Seis tendências do marketing de conteúdo para 2019
21 de novembro de 2018
Psicologia dos vídeos: o incentivo a decisões de compras
Psicologia dos vídeos: o poder de tornar as pessoas mais propensas a comprar
5 de dezembro de 2018

Vídeos nas redes sociais: consumidores e marcas não vivem sem eles!

Vídeos nas redes sociais

Qual é o tamanho do impacto dos vídeos nas redes sociais atualmente? Todos os anos, a Animoto entrevista cerca de 500 profissionais do marketing e 1000 consumidores para alcançar essa resposta. De acordo com a empresa de video marketing, os vídeos nas redes sociais estão afetando o comportamento do consumidor e mudando a forma como os negócios se comunicam.

De acordo com o relatório deste ano, 93% dos profissionais de marketing dizem que o vídeo é responsável por trazer novos clientes.

Quando se trata de consumidores e mídias sociais, o vídeo é o primeiro, com todo o resto vindo em segundo lugar. Essencialmente, isso significa que as marcas e os profissionais de marketing precisam adotar uma abordagem de “vídeo em primeiro lugar” quando desejam alcançar seu público-alvo no ambiente virtual.

Como as pequenas empresas estão constantemente aumentando suas presenças digitais com as redes sociais, o vídeo precisa desempenhar um papel maior. O consumo audiovisual só crescerá nos próximos anos, à medida que as redes 5G forem lançadas e a velocidade deixar de ser um fator determinante.

Em 2018, a Animoto realizou a pesquisa on-line com a participação de consumidores e profissionais de marketing. Para o lado do consumidor da pesquisa, 1.017 entrevistados participaram com o objetivo de informar como interagiam com vídeos e marcas nas redes sociais. No lado do profissional de marketing havia 501 participantes, que revelaram como usam as mídias sociais e o vídeo para se conectarem com os clientes.

Consumidores

Na pesquisa com consumidores, a Animoto procurou descobrir como os consumidores se envolvem com o vídeo das marcas, o que gostam, o que querem ouvir das marcas e o que querem mais.

Quando os consumidores estão tomando uma decisão de compra, 73% disseram que foram impactados pela presença de uma mídia social da marca. Quarenta e cinco por cento disseram que o vídeo é o seu tipo favorito de conteúdo para ser visto, com as fotos ficando em segundo lugar, com 22%, seguidos pelos links com 13% e o texto com 10%.

>>> Conheça 6 tendências do marketing de conteúdo para 2019

Como as mídias sociais se comparam à TV? Para a geração dos millennials (ou geração Y, nascidos depois de 2000), 57% dos consumidores assistem a mais anúncios em vídeo nas redes sociais do que na TV, sendo que esse percentual cai para 46% com o restante dos consumidores.

A mídia social também é responsável por permitir que os consumidores descubram marcas. Isso é motivado principalmente pelo fato de que 32% examinam as mídias sociais de uma marca antes mesmo de acessar seus sites.

Quando assistem a um vídeo de empresas, 45% disseram que foi responsável pela primeira introdução à marca / produto antes de fazer uma compra. Outros 31% disseram que foi baseado em recomendações de amigos. O Facebook Groups ficou próximo de 30% e os posts de influenciadores digitais com 29%.

Quanto à melhor plataforma para assistir a vídeos de mídia social das marcas, o Facebook, o YouTube e o Instagram ocuparam os três primeiros lugares, nessa ordem.

Para os consumidores, os três principais tipos de vídeos de marca são os how-to (tutoriais),  vídeos sobre vendas e promoções e listas top five.

Profissionais de marketing

A maioria dos profissionais de marketing (73%) disse que criaram pelo menos dois vídeos por mês para marketing de redes sociais, sendo que 93% disse que os vídeos resultaram na aquisição de novos clientes.

O vídeo também obtém o melhor ROI (Return On Investment – retorno sobre o investimento) para os esforços de mídia social para 63% dos profissionais de marketing. Isto foi seguido por 56% que apontaram fotos / gráficos, 25% para posts em blogs, 23%  para textos / citações e 22% para infográficos.

>>> Ciência de dados e marketing: a era das decisões estratégicas inteligentes

Quanto aos desafios de usar o vídeo, os profissionais de marketing identificaram o tempo necessário para a produção, a complexidade das ferramentas de criação e o orçamento como os três principais fatores a serem analisados.

Resumo das estatísticas dos vídeos nas redes sociais em 2018

O vídeo está ranqueado em 1º lugar como tipo predileto de conteúdo de mídia social das marcas.

  • Vídeo: 45%
  • Foto: 22%
  • Link: 13%
  • Texto: 10%
  • Outros: 10%

Mas quais plataformas estão atraindo pedidos de compras?

  • 48% dos consumidores fez um pedido nos últimos 60 dias graças a um vídeo de uma marca no Instagram.

E quanto aos profissionais de marketing?

  • 93% adquiriram um novo cliente devido a um vídeo de marketing.
  • 88% dos profissionais de marketing estão satisfeitos com o ROI de seus esforços de video marketing nas redes sociais.

Aqui está o infográfico com o restante dos dados envolvendo as respostas dos consumidores e dos profissionais de marketing  na pesquisa da Animoto de 2018. Aproveite!

consumidores amam vídeos

redes sociais versus tv

anúncios em vídeo

facebook: melhor plataforma para marcas

instagram: impulsionador de compras

vídeos de marcas no instagram

tipos preferidos de vídeos

 

Cristian Amaral
Cristian Amaral
Avesso ao formato goela abaixo do outbound marketing. Fisgado pela abordagem mais respeitosa do inbound marketing. Publicitário por formação, redator por gosto. Assim como todo mundo, nadando no tsunami de informações e tecnologias, mas sempre atento ao fato de que, no final das contas, seguimos lidando com pessoas.

2 Comentários

  1. Cristian Amaral disse:

    Que legal, Manuela! Isso me deixa muito feliz. Sensação de dever cumprido! Lançamos conteúdo novo uma vez por semana. Fique atenta. 😉
    Obrigado pelo comentário.
    Grande abraço!

  2. Manuela Silva disse:

    Gostei muito do seu post, vou acompanhar o seu blog/site.
    Este tipo de conteúdo tem me ajudado muito no desenvolvimento pessoal.
    Obrigado
    Manuela Silva