Cinco previsões de tendências de marketing de conteúdo em 2019 - K2.
Transmissão ao vivo para eventos corporativos
Transmissão ao vivo para eventos corporativos: conheça as principais plataformas
26 de dezembro de 2018
retrospectiva das redes sociais em 2018
Retrospectiva das redes sociais em 2018
11 de janeiro de 2019

Cinco previsões de tendências de marketing de conteúdo em 2019

5 tendências de marketing de conteúdo em 2019

Janice Chou, diretora de Conteúdo Digital e Mídias Sociais da True Facet, escreveu um artigo para o Conselho de Comunicação da Forbes (comunidade somente para convidados, composta por  executivos de sucesso em agências de relações públicas, estratégia de mídia e publicidade) sobre 5 tendências de marketing de conteúdo em 2019.

O marketing de conteúdo continua sendo uma estratégia obrigatória e, à medida que mais marcas estão adotando entusiasticamente a ideia de contar histórias e criar conteúdo, o cenário competitivo se transforma rapidamente.

Aqui estão cinco tendências e previsões de marketing de conteúdo que podem influenciar a estratégia de marketing de conteúdo da sua marca neste ano que se inicia.

Previsão 1: O conteúdo será melhor integrado às estratégias de email marketing.

Muitas empresas, naturalmente, usam o e-mail marketing para divulgar as mensagens direcionadas às vendas: produtos recém chegados, novidades da marca e descontos especiais.

Mas, conforme os clientes começam a esperar mais das empresas de quem compram – entenda-se uma conexão pessoal com a marca que espelhe seus próprios valores e experiências – será benéfico (se não crucial) para os profissionais de marketing usar a estratégia Omnichannel e criar pontos de contato, com o email marketing em conformidade.

De e-mails de carrinhos de compras abandonados até e-mails de compras mais robustos ou editorializados, entregues em tempo hábil, o conteúdo precisará ser inserido na jornada do cliente, para que este fique de olho nos seus artigos e, consequentemente, haja um aumento da conversão geral.

Previsão 2: os departamentos de marketing de conteúdo crescerão.

Como o marketing de conteúdo é uma estratégia relativamente nova, não é surpresa que a maioria das empresas demore a criar suas equipes de conteúdo, que normalmente consistem em alguns redatores internos ou convidados / terceirizados. No entanto, como o conteúdo provou ser um direcionador de tráfego e um gerador de leads para as empresas, é provável que as apostas no conteúdo original irão aumentar.

>>> Aprenda como usar vídeos em todo o funil de vendas

A fim de permanecer relevante neste cenário cada vez mais competitivo de infográficos bem elaborados, questionários interativos e vídeos envolventes, as equipes de marketing de conteúdo precisarão evoluir a partir do “departamento de uma pessoa só” para a inclusão de redatores, designers gráficos, fotógrafos e até mesmo seus próprios desenvolvedores, a fim de produzir um trabalho de alta qualidade e manter a eficiência ideal.

Previsão 3: o conteúdo precisará ser otimizado para pesquisa por voz.

Em 2018, vimos um aumento na pesquisa por voz via Google Home, Alexa da Amazon e Siri da Apple. Sendo assim, 2019 deverá continuar nessa mesma trajetória ascendente. Semelhante a como os profissionais de marketing de conteúdo tiveram que ajustar o conteúdo para ser mais otimizado para os mecanismos de buscas (Search Engine Optimization – SEO), a otimização da busca por voz será importante nos próximos anos.

Para estar (ou se manter) à frente do jogo, escreva manchetes na forma de perguntas que alguém faria ao dispositivo inteligente. Concentre-se fortemente na utilidade do seu produto / serviço para o consumidor de seu produto, ou crie artigos que possam ajudar seu cliente a usar ou cuidar de sua nova compra.

pesquisa por voz: escreva manchetes na forna de perguntas que alguém faria ao dispositivo

Previsão 4: Os profissionais de marketing desenvolverão uma estratégia completa de marketing de conteúdo, não apenas um calendário editorial.

À medida que o marketing de conteúdo se torna parte integrante do conjunto de ferramentas de um profissional de marketing, acredito que haverá uma ênfase maior em analytics e, mais importante, como analisar esses números para aumentar a conversão e a receita. Isso significa que uma estratégia de conteúdo mais robusta – não apenas um calendário editorial mensal – será necessária.

No momento, os calendários editoriais são reunidos com base no tráfego, no feedback geral dos compradores ou dos leitores e em anúncios sazonais. Neste ano que se inicia, espere que os calendários editoriais evoluam em uma estratégia de marketing de conteúdo completa, que inclua distribuição de conteúdo, email marketing, segmentação de audiência e canais de aquisição.

Previsão 5: o vídeo ao vivo será um sucesso.

Em 2018, as marcas ficaram um pouco tímidas em relação ao vídeo ao vivo, talvez acreditando que elas não tinham eventos cativantes o suficiente para garantir uma transmissão. Mas os profissionais de marketing estão lentamente superando a sensação de que os vídeos precisam aparecer bem produzidos para justificar um streaming ao vivo.

faça transmissões ao vivo com vídeos simples que respondam perguntas comuns

Estudos recentes comprovam que os compradores (e espectadores) gostam de sentir a conexão íntima com uma marca por intermédio de conteúdo improvisado, e o vídeo ao vivo é uma ótima maneira de começar a promover a fidelidade à essa marca.

>>> Conheças as vantagens das transmissões ao vivo para eventos corporativos

À medida que o novo ano se inicia, siga estas e outras tendências em desenvolvimento para fazer com que o marketing da sua marca se mantenha à frente do jogo.

 

Cristian Amaral
Cristian Amaral
Avesso ao formato goela abaixo do outbound marketing. Fisgado pela abordagem mais respeitosa do inbound marketing. Publicitário por formação, redator por gosto. Assim como todo mundo, nadando no tsunami de informações e tecnologias, mas sempre atento ao fato de que, no final das contas, seguimos lidando com pessoas.

Os comentários estão encerrados.